quarta-feira, abril 16, 2008

As primeiras 24h sem Félix.


Félix, meu lindo, meu casaco de peles, minha bolinha de pêlo ...

Essas eram maneiras carinhosas de chamar o Félix, meu amigo felino que nos deixou ontem às 9:34h, as vésperas de fazer 9 anos.

Desde o 1º diagnóstico até seus últimos momentos, ele foi guerreiro e praticamente não se queixou. Por isso também foi dificil descobrir que ele sofria de uma doença que o levaria em tão poucos dias.

Ele deixou um vazio imenso em nosso coração e na nossa casa. Pra todo lado que se olhe, as lembranças vêm em nossa mente. E o silêncio??? Nossa... nunca pensei que sentiria tanta falta dos miados, do barulho das unhas dele tentando arranhar meu sofá... ufa!!!

Ainda não consigo pensar ou falar sobre ele sem chorar. Sei que esse pranto ainda não acabou, tenho que vivenciar todo esse luto até que restem apenas doces lembranças e a saudade no coração.

Ele foi muito importante na nossa vida. Para o meu filho único, foi o irmão e o colega que ele tinha pra brincar em casa. Fou meu psicólogo, quando deitava na minha barriga e ficava ouvindo os meus desabafos.

O atendimento do Dr. Alexandre, veterinário da Bichos e Mimos, foi prestado com muita atenção e carinho até seu último suspiro e ainda teve uma palavra de consolo pra me dar. Mas diante de uma perda, não existem palavras que nos consolem, só o tempo faz diminuir essa dor forte que sentimos no peito. Mas o apoio e as palavras de carinho dos amigos é fundamental. Por isso agradeço também aos amigos que atraves de email, orkut, telefonemas e mensagens me deram força nestas últimas semanas.

Fiquei ao lado do Félix até ele dormir, assim ele pode saber que não estava sozinho. Antes nos despedimos dele, o que fez com que ele soubesse que sempre foi muito, mas muito amado. Talvez por isso, ele tenha feito sua passagem tão serenamente.

Félix, meu lindo, estamos com saudades de você.... eternamente.

Mammy Soll & Biel

7 comentários:

Anônimo disse...

Ah, Sol.....tem coisas que só sentindo pra saber o que é; e a perda de um animalzinho de estimação traduz isso muito bem....
É uma dor funda, que machuca o coração, que fere a alma, e nos deixa sem consolo....porque bicho de estimação como o nome já diz, é mimo, é amigo de toda hora, sem trégua, sem intervalo, e incondicional...
Tá sempre ali, sempre nos ouvindo, sempre fiel a nos consolar e também a nos divertir...
Mimos nossos, mais que amigos, mais que irmãos...
Nos deixam como quem deixa uma lacuna no coração, um vazio gigante dentro do peito...
Como voce mesma disse, só o tempo pra aplacar essa angústia e deixar so a saudade....a saudade de quem amou muito, de quem sofreu junto, e a quem um dia vai encontrar.....
Felix, saudades de todos que te amaram.....vai em paz!
bjos, Giselle

Anônimo disse...

Solange
Querida,
Sinto muito pelo Felix. Somente quem tem um bichinho de "estimação" consegue entender o quanto doi perder nossa fonte de alegria e carinho. Sinto muito querida, se precisar, me ligue, estou a disposição...
bjos
Fatima

Anônimo disse...

Sol, eu sinto muito pelo acontecido Sei de td o que passou e como está pssando...
um beijo carinhoso. POde contar comigo sempre.
Aline

Soll disse...

Sol, só soube agora do acontecido, poderia ter me ligado que eu teria te ajudado no que fosse necessário mas espero que Deus tenha te dado força suficiente para enfrentar mais esse desafio...Vc é guerreira e mulher, maior força que isso não existe. Que ele descanse em paz, sua passagem nesse mundo foi glorificada pois conviveu com seu amor e do Gabriel, tenho certeza. Bjs e muita luz e paz no seu coração.
Alda

Soll disse...

Sol, lamento a sua perda. Fui acompanhando as fotos lindas e qdo me deparei com a última, fiquei chocada. Tenho uma amiga que é veterinária e possui alguns gatinhos para doação, inclusive ela está no meu Orkut. Se que não substitui, mas pode te fazer feliz. bjo
Paula

Soll disse...

é muito difícil mesmo, mas é impossível não chorar! tenho certeza que o vazio é enorme, ele era muito amado por vcs. Ele tentou resistir mas não deu, era a hora dele mesmo vc tentando tudo que podia para salva-lo.
Lelê

Anônimo disse...

Olá Sol,

Sinto pela sua perda ..... mas tenho certeza que vcs dois ganharam muito e aprenderam muito neste curto período em que estiveram juntos nesta encarnação. O amor que nossos irmãos menores nos ensinam é inesquecível e, este Amor não se perde no tempo e no espaço, ele está registrado na alma de cada um de vcs, a ligação que vcs criaram agora ou em outras eras se perpetuará, tenha certeza disto.
QUE DEUS OS ABENÇOE, GUIE E PROTEJA.
PARABÉNS POR VCS SABEREM E SE PERMITIREM AMAR.

beijos,
da sua amiga,
Ana Lúcia