segunda-feira, junho 20, 2011

Capítulo - O Amor

Amores eu tive muitos e paixões também. Em cada um encontrei uma flôr e em cada flôr um espinho. De todos retirei uma canção, que enfeitaram meu carrossel de ilusões.

Bem que essa frase poderia ter sido letra de música, mas não é. Essa é a maneira que encontrei de começar a falar de amor. Nossa! Olho pra tras e vejo que de todos só 4 me encantaram de verdade. Romperam a barreira da minha vaidade e tocaram meu coração. O segundo viria a ser o pai do meu filho. Amor tardio, mas intenso de paixão. Nossas músicas: Garoto Maroto (Alcione)e Bem que se quis (Marisa Monte) Frase: Deus no céu e ele na terra. Com ele a medida que eu ensinava, aprendia tudo. Sabia que não seria eterno, mas como desejei que fosse... Lembrança: nosso casamento numa igreja em ruinas, só nos dois e os morcegos voando no teto. Romantico e ingenuo. Sei que naquele momento fui amada por ele, mas sua juventude gritava mais alto e ele preferiu prolongar sua imaturidade. No seu abandono, chorei por 1 ano, acreditando que ele voltaria. Nosso sonhos se foram, mas restou nosso filho, fruto de amor, juventude, vida e beleza.

O terceiro amor, foi o homem que me surpreendeu, com charme e elegancia. Não era bonito, nem romantico, mas ao seu lado eu tinha a sensação de que nada de mal iria me acontecer. Porque ele estaria sempre ao meu lado. Mas o tempo passou e mais um vez não consegui construir meu castelo. Mas foi importante conhecer alguem que me mostrou que o amor pode surgir nas situações mais inesperadas.

O quarto um espetáculo, bonito, rico, maduro, com o espirito de adolescente. Nossa música: Velha Infância (Tribalistas) Nosso point: Arpoador. É divertido estar ao lado de uma pessoa que está sempre de bem com a vida e que juntos voces sempre sorriem. Jantar a luz de velas, rosas na hidro, vinho, perfume francês... Cenário perfeito para um grande amor, só falava a torre Eiffel, mas como Angra não é Paris, as luzes não permaneceram acesas. E o que era doce se acabou.

Mas o primeiro... aquele que precisei que os anos se passassem pra descobrir que foi o grande amor da minha vida. Esse eu perdi, porque os outros me perderam. Eu não soube reconhecer a grandeza desse amor e a importancia que eu tinha na vida dele e ele na minha. Sempre desejei lhe dizer porque eu parti, mas nao sabia aonde encontrá-lo. Até que um dia, o encontrei e pude dizer o quanto eu me arrependi de não ter ficado ao seu lado. Sei que o mundo da voltas, to esperando o mundo ficar de cabeça pra baixo e ai .. quem sabe?????

Minhas paixões, só rindo, relâmpagos, vibrantes, apaixonantes, engraçadas, dramáticas... Muitas músicas embalaram: Music and me (Michael Jackson), Tonight's the night (Rod Stewart), Oh Me, Oh My (B.J. Thomas), Alone Again (Naturally) Gilbert O'Sullivan, Please don't say goodbye (Christian), How Deep Is Your Love (Bee Gees), Just the way you are (Barry White), Me and Mrs. Jones (Billy Paul), Careless Whisper (George Michael), Me And You (Dave McLean),Take me now (Bread & david gates, How Can I Go On (Freddie Mercury and Montserrat), Goodbye Yellow brick Road (Elton John), I should have know better (Jim Diamond), Do you wanna dance (Johnny Rivers, entre muitas outras.

Um comentário:

*Cris* disse...

Grandes amores, grandes paixões...que graça teria a vida sem isso?! o mundo dá voltas e muitas acredite !